quarta-feira, 3 de abril de 2013

O que é as remelas dos olhos





É o ressecamento do líquido que compõe a lágrima. A remela é formada enquanto dormimos, quando as lágrimas se acumulam nos cantos dos olhos fechados. Com a evaporação da parte líquida, resta uma fusão da parte gordurosa da lágrima e sujeira.
A lágrima é formada por 3 componentes: uma camada de muco, que aprisiona partículas de poeira; uma camada líquida, que fornece sal, proteínas e outros componentes importantes para a saúde da córnea; e uma camada gordurosa, mais externa, secretada pelas glândulas de Meibomius que ajuda a prevenir a evaporação da lágrima na superfície do olho.
Depois que as lágrimas são produzidas, elas se espalham pelo olho graças ao movimento de abrir e fechar das pálpebras. O excesso dela é levado para o canto do olho, junto com poeira e todo tipo de sujeira que chega à nossa visão. À noite, nossas glândulas lacrimais reduzem a produção da parte aquosa da lágrima absorvida pelo duto lacrimal , mas continuam a produzir muco e gordura que ressecam e dão origem à remela ou remela - as duas formas estão corretas.
Historiadores dizem que na Grécia antiga, a abundância de remela denotava um grande apetite sexual e era um sinal de fertilidade, e, portanto, era comum que os gregos não lavassem o rosto. A prática foi sendo abandonada pois as grandes quantidades de remela entupiam o canal lacrimal, o que poderia inflamar o duto, causando o que chamamos hoje de lacrimopatia obstrutiva crônica.

Nenhum comentário:

Postar um comentário